Nesta sessão, relacionada com a prevenção do consumo de substâncias psicoativas, tivemos a participação do técnico José Diogo, um profissional do Centro de Respostas Integradas (CRI), da Península de Setúbal. Esta atividade ocorreu numa sala de aula, na Escola Secundária de Sampaio, no dia 15 de janeiro de 2014, tendo sido dirigida ao 10º PM.

A sessão começou com a projeção de uma curta-metragem de 15 minutos, intitulada “Labirinto”, de Vanda Simões – Projeto Independentemente –, sobre o consumo de “drogas”, na qual era representada a forma como os jovens são assediados ao consumo, bem como os efeitos negativos no organismo.

O objetivo desta sessão era alertar para os riscos do consumo destas substâncias e relembrar que todos devem “olhar com olhos de ver” para as coisas, ou seja, devem ver mais além daquilo que é o óbvio, e não, ao contrário do que alguns suspeitavam, penalizar os que consomem.

Assim, foi abordada a questão da dependência, que ocorre quando uma adição origina uma obsessão por parte de um indivíduo, que fica refém do seu próprio vício, tendo sido dados como exemplos, a dependência dos jogos de computador e até do sexo. Quando se trata da dependência de umas substâncias tóxicas, aí sim, a dependência torna-se maior, os consumidores afastam-se de tudo e todos, sendo designados como toxicodependentes

Para finalizar, o referido técnico informou que no site www.tu-alinhas.pt/‎ e através da linha telefónica 1414 se podem obter informações sobre dependências e consumos, de forma anónima, eventualmente para ajudar alguém…

Foi ainda de assinalar o facto dos participantes terem podido contar com a presença do ex-aluno desta escola, Diogo Marcelino, recém-famoso devido à sua participação na Casa dos Segredos. Como é sabido, o seu segredo estava relacionado com o consumo de drogas, pelo que a sua participação mais ativa numa sessão deste tipo está pensada para breve.

Ana Catarina Alves, 10º PM

 

About The Author

LOOKaes

Leave a Reply

Your email address will not be published.