Assim é o início de uma cadeia de solidariedade e voluntariado que tentamos, com sucesso, todos os anos incutir no nosso Agrupamento.

Não é difícil, sabem? Recrutar equipas que dão o seu tempo de domingo, prescindindo do seu conforto, almoços de família, aniversários de amigos e jogos de computador. Aliás, às vezes, chega a ser complicado fazer equipas já que são tantos os alunos a prestarem-se a esta tarefa.

 Vêm oferecer o seu sorriso e um saco vazio, que, às vezes, não é aceite, mas um “obrigado” na mesma é obrigatório.

Compenetrados como nunca, colocam-se nos seus postos, envergando as t-shirts do BAF que têm pena de não poder levar como recordação, e, quando começam, é com receio e alguma timidez que se dirigem aos clientes dos supermercados, estendendo a mão com um saco, mas, passados alguns minutos, parecem uns profissionais.

O nosso Agrupamento responsabiliza-se, há cerca de seis anos, por recrutar voluntários para a recolha de dádivas de alimentos em dois supermercados do concelho. Os nossos alunos voluntários recolhem os sacos e vão enchendo carrinhos que contabilizam com rigor e esperam ansiosamente que chegue a carrinha que levará as suas recolhas para o grande armazém em Palmela. Daí, serão distribuídos, criteriosamente, por todas as famílias que, pelas mais diversas razões, não conseguem ganhar o seu próprio sustento.

Um OBRIGADO a todos os que participaram em mais esta campanha: Alice, Ana Sofia, Beatriz, Bruna, Carolina, Gustavo, Helena, Maria Inês, Marta, Rosana, Soraia, Tomás, do 8º A; Beatriz, Constança, Lia e Matilde, do 8º B; Beatriz, Carolina, Inês, João, Patrícia, Sofia e Tiago, do 8º C; Andreia, Carolina, Cristiana, Leonardo, Margarida, Maria, Matilde, Patrícia, Raquel e Rúben, do 8º D; Maria do Mar, Mariana, Pedro e Tomás, do 8º E; Bruna, Filipa e Luana do 9º C; Rafaela, a professora Antonieta Freire e o professor Roque Oliveira.

Professora Teresa Oliveira

(Texto e fotos)

About The Author

LOOKaes

Leave a Reply

Your email address will not be published.