Este ano, o Dia do Diploma do Agrupamento de Escolas de Sampaio, referente ao ano letivo de 2013/2014,  foi desdobrado, de forma a agraciar, separadamente, os alunos do Básico, numa sexta-feira,  à noite, dia 10 de outubro, e os do Secundário, uma semana depois (a 17 do mesmo mês), no Cineteatro João Mota.

No Ensino Básico, houve apenas um Diploma de Excelência (que se pode equiparar ao do Melhor Aluno), atribuído à aluna Raquel Lobo Correia (2º ciclo – 5º ano), que recebeu também um Diploma de Valor, como campeã distrital de Infantis B, na modalidade de Xadrez (um dos núcleos do Desporto Escolar). No Secundário, receberam a distinção de Melhor Aluno, a Catarina Paulino Alves, dos Cursos Científico-Humanísticos, e o André Martins Vaz, dos Cursos Profissionais.

Procurou-se que a animação não faltasse, com o contributo do jornal LOOKaes, do Clube Sesimbrense, da Câmara Municipal de Sesimbra e da Associação de Pais. Assim, no primeiro dia, o do Básico, tiveram lugar alguns momentos musicais protagonizados por alunos do Agrupamento e pelo Sexteto de Metais do Conservatório Regional de Palmela. Os protagonistas do Agrupamento foram o aluno Pedro Vaz, que interpretou diversos excertos ao piano, o Fábio Rodrigues e o João Polido, que animaram a noite com a sua presença e interpretações acompanhadas com guitarra e, por último, ainda foi a vez de um coro com alunos do 2º e 3º ciclos da Escola Básica do Castelo, sob a orientação dos professores Ana Condinho e Luís Martins.

No segundo dia, o do Secundário, foi representada uma versão adaptada do romance D. Quixote, de Cervantes, por alunos do 10º, 11º e 12º anos do Agrupamento, com encenação da professora Dulce Carvalho e com adereços das professoras Ana Completo e Teresa Oliveira. E também ocorreram algumas manifestações musicais por ex-alunos do Agrupamento, designadamente, um excerto de violino pela Luísa Amorim, que frequentou as escolas do Agrupamento até ao passado ano letivo e, atualmente, é estudante de Engenharia e Gestão Industrial no Instituto Superior Técnico; e pela, também ex-aluna, Constança Quinteiro, a solo e com a sua banda, que frequentou as escolas do Agrupamento até 2008/2009 e se licenciou em Ciências da Educação.

Nesta reedição do Dia do Diploma, procurou-se separar os níveis de ensino, conforme mencionado, para que as comemorações decorressem de forma mais organizada e mais ao agrado dos intervenientes e acompanhantes. Estes, porém, “tiveram os lugares contados”, devido às restrições impostas pelo espaço e pelas regras de utilização desta (e de qualquer outra) sala de espetáculos.

Ainda assim, foi difícil contornar os protestos mais ou menos legítimos (se bem que incontornáveis) e que variaram entre tentativas de “furar” as regras estabelecidas e propostas construtivas no sentido de contribuir para que no ano letivo vindouro as coisas corressem melhor.

Da nossa parte, sim, esperamos que, de ano para ano, as condições do Dia do Diploma do AgES possam melhorar, nomeadamente, com a eventual realização de matinés e, se possível, com uma distribuição ainda mais eficaz dos diplomados, de forma a poderem contar com mais acompanhantes.

Para recordar o dia 10…


 

e o dia 17…


About The Author

LOOKaes

Leave a Reply

Your email address will not be published.