Nos dias 28 Outubro e 4 de Novembro, os alunos das turmas do 6º ano da EB do Castelo participaram numa atividade de grande pertinência pedagógica, dinamizada pela Autoridade para a Segurança Alimentar e Económica (ASAE), integrada no Projeto “Mãos Limpas” – ASAE vai à Escola, promovido pelo Projeto de Educação para a Saúde.

Este projeto que se insere no âmbito da Higiene teve como objetivo demonstrar a importância de uma atitude tão simples, mas deveras importante, que é a de “lavar as mãos”. Depois da contextualização teórica que realçou a importância da lavagem das mãos na prevenção de muitas infeções e contaminações alimentares, foi realizada a inoculação de meios de cultura, em caixas de Petri, tanto para cultura de bactérias, como de fungos. Os alunos tiveram a oportunidade de inocular os “meios de cultura de microorganismos” com as suas “mãos sujas”, ou seja, após terem tocado em locais vulgarmente utilizados por todos, como maçanetas das portas, teclados, entre outros. E também inocularam outros meios de cultura após terem lavado as mãos e as terem limpo com um desinfetante.

Uma semana após esta inoculação, os alunos puderam comprovar, observando o crescimento nos meios de cultura, a quantidade e variedade de microorganismos existentes nas suas próprias mãos, bem como apurar a maior ou menor eficácia da forma como lavam de mãos, para garantir a eliminação dos micróbios existentes.

Foi uma atividade que comprovou aquilo que desde sempre nos foi dito sobre a necessidade de lavarmos as mãos antes de comer, depois de frequentarmos um local público (como um transporte, um hospital, um centro comercial) ou depois de utilizarmos a casa de banho. Certamente que os participantes nunca mais esquecerão aquilo que visualizaram com os seus próprios olhos e os seus hábitos de higiene irão melhorar, pois, segundo a sabedoria popular “uma imagem vale mais que mil palavras”.

About The Author

LOOKaes

Leave a Reply

Your email address will not be published.