Aqui e agora, vamos ter um Espetáculo Solidário, no Cineteatro João Mota, já hoje, dia 4 de outubro, que se repetirá amanhã, pelas 21:30, para o qual está desde já convidado (desde que tenha mais do que 3 anos de idade). O objetivo é a angariação de donativos para a aquisição e montagem de uma plataforma elevatória para as escadas do Pavilhão A, na EB do Castelo, onde se localizam importantes recursos desta instituição de ensino. Trata-se de um espectáculo variado, composto por música, teatro, gímnicas, magia e a presença de vários artistas convidados.

Porém, esta história teve início muito antes. Foi no passado ano letivo, 2018/2019, ainda no 1º Período, que a Associação de Paralisia Cerebral de Almada Seixal (APCAS) convidou o Agrupamento de Escolas do Sampaio (AES) a implementar o projeto YouthLab4Inclusion, tendo sido a Direção do AES que propôs à turma 7º A, da Escola Básica do Castelo, que abraçasse este projeto.

O tema foi explorado em várias aulas de Cidadania e Desenvolvimento, com a orientação das professoras Fátima Coelho e Margarida Marcelino. Nas sessões de trabalho realizadas participaram ainda dois técnicos da APCAS, a Ana Barradas e o Ricardo Vaz. E foi então que foram visionados vários filmes sobre as pessoas com dificuldades motoras e outro tipo de limitações. Depois, os participantes tiveram ainda a oportunidade de experimentar os impedimentos sentidos enquanto alunos, em várias simulações efetuadas.

Após a sensibilização feita relativamente aos obstáculos à locomoção por pessoas com motricidade reduzida, os alunos aperceberam-se da existência de pequenos desníveis/degraus, à entrada dos pavilhões, as rampas e também de uma grande barreira, que implica custos elevados para a sua transposição: a escadaria de acesso ao 2º piso do pavilhão A. Assim, em simultâneo com a realização de vários trabalhos em sala de aula, como o criação do site https://vamosajudar0.webnode.pt/, têm estado em curso diversas iniciativas para a angariação de fundos que deverá ficar concluída no final deste mês de outubro. Por isso, ainda está a tempo de colaborar!

Note-se que é no 2º piso do Pavilhão A que existem três salas específicas, que estão vedadas aos alunos com problemas de motricidade. A BE, onde existem diversos recursos de grande utilidade; a sala de TIC, que tem equipamento informático e que, por uma questão técnica (proximidade do servidor), tem que estar perto da BE; e a sala de Música que, tendo a acústica específica, também se deveria manter no local onde se encontra.

Relativamente ao vídeo agora publicado, parece-nos importante realçar que a simulação filmada foi feita por um aluno que tinha estado sujeito às referidas limitações motoras durante vários meses, o que lhe permitiu, a ele e ao grupo-turma, adquirir uma maior consciência do que tais restrições implicam.

Por tudo isto, venha quebrar barreiras connosco!

Acrescente-se o número de IBAN do Agrupamento de Escolas de Sampaio:

PT500 0455 4534 0308 2379 9035

E, como não poderia deixar de ser, agradecemos desde já a Vossa colaboração.

About The Author

LOOKaes

Leave a Reply

Your email address will not be published.