Desta vez havia um tema dominante que era o Mar. Pela avenida principal de Sesimbra, desfilaram, no dia 28 de fevereiro, pescadores, estrelas-do-mar, peixes, sereias, alforrecas, varinas, entre outros. Além dos Mar, também marcaram presença diferentes profissões tradicionais e elementos do campo, como padeiros, pastores, ovelhas e cães de pastorícia.

A Sesimbra de hoje, em que todos se convivem harmoniosamente, será sempre uma terra de pescadores (os “pexitos”) e de camponeses (os do campo), a lembrar ancestrais rivalidades.

O dia, esse estava ventoso, mas o solzinho deu para animar os passistas que percorreram a Avenida 25 de abril, ladearam o jardim e voltaram ao ponto de partida. A assistência, composta sobretudo por pais e familiares, não resistiu à tentação de captar imagens dos pequenos, num animado ambiente de festa.

Para fechar o desfile, esteve presente a escola de samba Trepa no Coqueiro, que marcou o ritmo com instrumentos de percussão, TU-TU-RU-TU…

About The Author

LOOKaes

Leave a Reply

Your email address will not be published.