Dia 20 de abril foi um dia memorável para o Agrupamento de Escolas de Sampaio, em virtude de ter ocorrido a gala da divulgação dos resultados eleitores relativamente aos Livros Mais Fixes de Portugal (1.º, 2.º e 3.º ciclos), na Escola Secundária Virgílio Ferreira, em Lisboa, e também por ter contado com a participação dos teus colegas da EBC, mais concretamente do 8.º E.

Assim sendo, os alunos do 1.º ciclo elegeram o clássico O Principezinho, de Antoine de Saint-Exupéry, como o Livro Mais Fixe de Portugal (7,2% dos votos); em segundo lugar, foi eleito o livro  Porque é que os Animais não Conduzem?, de Pedro Seromenho (6,8% dos votos), e O Tubarão na Banheira, de David Machado, foi o terceiro candidato eleito (6,4% dos votos).

No 2.º ciclo, os autores britânicos dominaram as escolhas. Avozinha Gângster, de David Walliams, venceu a eleição (2418 votos);  Harry Potter e a Pedra Filosofal, de J. K. Rowling (996 votos), alcançou o segundo lugar e O Principezinho cimentou a sua reputação como clássico intemporal, obtendo o terceiro lugar.

Quanto ao 3.º ciclo, foram as obras inspiradas em factos verídicos e histórias reais que reuniram mais votos. A Culpa é das Estrelas, de John Green, conquistou o primeiro lugar (13.1 por cento dos votos), aliás já conquistara este título na nossa escola no dia 17 de março, graças a ti que te deslocaste às urnas, sendo que O Diário de Anne Frank  ficou em segundo lugar (8,4 por cento dos votos) e O Rapaz do Pijama às Riscas alcançou o terceiro lugar (7,7% por cento dos votos) – este que tinha ficado o 2º lugar entre nós, aquando das eleições a nível local.

A primeira história aborda temas como as doenças em fase terminal e a morte e as outras duas estão centradas na II Guerra Mundial, retratando a perseguição nazi aos judeus – o Holocausto, o que permite distinguir a tomada de consciência, o envolvimento pessoal e a maturidade crescente dos nossos jovens, no 3.º ciclo.

Esta cerimónia contou com a presença do Ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, do Secretário de Estado da Educação, João Costa, bem como do nosso Diretor, Rui do Bem, e de escritores ilustres, como por exemplo, António Torrado, Pedro Seromenho, David Machado e Luísa Ducla Soares.

Acresce que esta iniciativa esteve a cargo da VISÃO Júnior e da Rede de Bibliotecas Escolares (RBE), apoiada pela Comissão Nacional de Eleições, a Portada, o Plano Nacional de Leitura, a Direção Geral da Educação e a Rádio Miúdos, todos unidos no sentido de criarem e consolidarem hábitos de leitura e de promoção da cidadania.

Durante a cerimónia, a Viviane Gamas e o Francisco Alvim foram os apresentadores da parte da manhã e, da parte de tarde, o André Pombo apresentou o seu podcast. Ao longo desta jornada incrível, alunos oriundos de 18 escolas, num universo de mais de 400 escolas, a nível nacional e até no estrangeiro, foram selecionados para apresentar os trabalhos realizados ao longo da campanha eleitoral, desde peças de teatro, raps, podcasts, bancas/quiosques de propaganda, etc., e, entre atuações, discursos e sorrisos. foram deliciando quem esteve presente, miúdos e graúdos.

O Ministro da Educação felicitou a comunidade escolar pela adesão ao projeto, uma vez que alia a consciência cívica, sob a forma da importância de votar, à leitura e afirmou que «Hoje, foi um dia de festa! Esta iniciativa da VISÃO Júnior e da RBE conseguiu trocar os votos por miúdos e fazer com que as crianças e os jovens entendam verdadeiramente o processo democrático, desde a constituição de listas até ao próprio processo de votação, incluindo a importância das coligações e das cedências. Foi interessante como se conseguiu associar esse entendimento democrático à leitura.»

Caso queiras ver a performance dos teus colegas e saber mais sobre este projeto grandioso, consulta este endereço da Visão Júnior: http://visao.sapo.pt/visaojunior/iniciativasescolas/miudos-a-votos

Seguem ainda algumas fotos e vídeos da autoria da nossa repórter de serviço: Constança Santos.

Para o ano, há mais, portanto, não venhas apenas votar, atreve-te e vai mais longe, envolve-te, mobiliza os teus professores, conta com o apoio dos teus professores bibliotecários, e vê o teu trabalho reconhecido, como foi o caso dos teus colegas, porque, para nós, vocês são as Estrelas de Portugal, hoje e sempre!

 

A professora de Português do 8.º E, Sílvia Martins

About The Author

LOOKaes

Leave a Reply

Your email address will not be published.